Luciano Ducci terá que explicar uso de servidores em campanha

Prefeito Luciano Ducci (PSB).
A Justiça Eleitoral deu prazo de cinco dias para que o candidato à  reeleição, Luciano Ducci (PSB), informe a situação de todos os funcionários da Prefeitura envolvidos na campanha.

Se os funcionários estiverem licenciados ou de férias, Ducci terá que informar onde e quando foram publicados os avisos.

A decisão atende Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) proposta pela coligação de Gustavo Fruet (PDT).

Cruzamento de dados da prestação de contas de campanha de Ducci e da relação de funcionário públicos municipais revela que pelo menos 285 servidores já receberam valores da campanha eleitoral.

Isso é prova pronta e acabada de que funcionários estão sendo coagidos a aderir à  campanha do candidato à  reeleição. O número pode ser ainda maior, já que só foi entregue a prestação de contas parcial!, afirma Luiz Fernano Pereira, coordenador jurídico da coligação gustavista.

O juiz eleitoral Marcelo Wallbach determinou o envio de ofício à  Prefeitura Municipal de Curitiba para que informe, conforme os documentos acostados aos Autos, qual a carga horária, descrição dos serviços prestados e, ainda, se há a concessão de férias ou licença remunerada aos funcionários mencionados, indicando obrigatoriamente em que órgão foi dado publicidade a tal concessão!.

Os comentários estão encerrado.