Governadores dizem que fizeram sua parte e agora esperam que Bolsonaro faça sua parte para baixar o preço da gasolina

Doria desmente Bolsonaro: “A culpa do aumento dos combustíveis não é do ICMS”

Google News

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pelas rede sociais, desmentiu a narrativa do presidente Jair Bolsonaro segunda qual a culpa do aumento dos combustíveis é do ICMS.

“A culpa do aumento dos combustíveis não é do ICMS”, desmentiu o tucano, publicando a evolução dos preços os combustíveis enquanto a alíquota do ICMS mantém-se congelada há seis anos em São Paulo.

Valor histórico do litro de gasolina, segundo dados da ANP:

  • 2015 – R$ 3,32
  • 2017 – R$ 3,68
  • 2018 – R$ 4,19
  • 2019 – R$ 4,30
  • 2020 – R$ 4,46
  • 2021 – R$ 7,00

“ICMS em SP desde 2015 é o mesmo: 25%”, publicou Doria.

Segundo o governador João Doria, pior que a incompetência do Governo Federal [Jair Bolsonaro] em administrar a economia, é a tentativa de colocar a população contra os Governadores com narrativas mentirosas.

A Petrobras [Governo] define os preços dos combustíveis a partir da variação do dólar e da cotação internacional do petróleo, embora o Brasil seja autossuficiente na produção petrolífera.

Leia também

Brasileiros são flagrados “fugindo” para a Venezuela em busca de gasolina barata

Na greve dos caminhoneiros de 2018 preço da gasolina era mais barato que na era Jair Bolsonaro

Gasolina já custa R$ 8,20, mas ainda pode subir mais

Veja também  Rebeca Andrade leva ouro na ginástica olímpica em Tóquio