Dilma e Zé Dirceu são ovacionados na festa do PT

Google News

via Agência Estado

A presidente Dilma Rousseff e o ex-ministro José Dirceu foram os mais festejados pela militância na comemoração hoje dos 32 anos de existência do PT. Os aplausos ficaram ainda mais evidentes diante da vaia estrondosa recebida pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, do PSD, que compareceu a convite do presidente nacional do PT, Rui Falcão.

Sem demonstrar nenhum constrangimento, Kassab sentou-se na segunda fila da mesa de convidados, entre ministros de Estado, ex-presidente do PT e o presidente nacional do PC do B, Renato Rabelo. Dilma Rousseff sentou-se ao lado de Falcão e do presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). O petista entrou recentemente em rota de colisão com o Palácio do Planalto devido ao não nomeação de um afilhado político para cargo no Banco do Brasil.

Para tentar desfazer o clima de animosidade com o Planalto, Maia fez um discurso enfático, recheado de elogios a presidente Dilma Rousseff. Ela manteve-se, no entanto, impávida, sem demonstrar nenhum entusiasmo com as palavras de Maia.

Impedido de ir ao encontro por recomendação médica, o ex-presidente Lula mandou uma carta lida pelo presidente Rui Falcão. Lula lamentou não estar presente ao encontro. “Ole, olé, ola, Lulala”, entoaram, entusiasmados, os militantes petista.

Veja também  Mandetta prepara livro sobre bastidores da Saúde no governo Bolsonaro

Comments are closed.