Aumento do pedágio: Requião enganou o povo, ataca Richa

O pedágio não abaixou nem acabou, critica Beto Richa (PSDB).
O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), colocou na conta do ex-governador Roberto Requião (PMDB) o aumento de 4,96% que ele concedeu ao pedágio, que vigorará a partir de amanhã nas rodovias do estado.

Segundo anotou a repórter Paula Barbosa Ocanha, do jornal Folha de Londrina, o tucano afirmou que está ”despolitizando” a questão do aumento anual do pedágio, e que esse assunto é resolvido pela Agência Reguladora, criada por ele para discutir com as concessionárias o assunto.

Em Londrina, onde esteve ontem, Beto alfinetou o ex-governador Requião e sua promessa de campanha eleitoral sobre a questão do pedágio – ”abaixa ou acaba”.

”Nenhuma coisa nem outra foi feita, e o povo foi enganado”, atacou Beto.

”Estou cumprindo com meu compromisso assumido na campanha eleitoral, de chamar as concessionárias para uma conversa fazendo prevalecer o interesse público”, disse o tucano, ressaltando investimentos em trechos críticos.

Para o governador, o aumento está previsto em um contrato que foi firmado há cerca de 20 anos e ele ”precisa ser respeitado”. Sobre a liminar do Fórum Nacional Contra o Pedágio, o chefe do Executivo minimizou. ”Não é a primeira vez que eles fazem isso, e a Agência Reguladora vai promover estudos e debates necessários.”

Veja também  Biden pede colaboração global para resolver crise climática

Comments are closed.