#StopBolsonaro debate racismo no Brasil [ao vivo]

Compartilhe agora

Já começou a quarta edição do Stop Bolsonaro Mundial [#StopBolsonaro], neste domingo (31), com debate sobre racismo.

O evento da manhã de hoje tem a mediação de Narubia Werreria, Artevista Indígena.

O debatedores são:

Carol Dartora – Professora da rede pública estadual do Paraná, Historiadora, especialista em Ensino de Filosofia, mestra e doutoranda em Educação, feminista negra, militante da Marcha Mundial das Mulheres e do Movimento Negro, primeira vereadora negra em Curitiba pelo PT.

Douglas Martins – formado em Comunicação Social e Direito, mestre em Direito Processual Civil e doutor em Filosofia. Foi candidato do Partido dos Trabalhadores para prefeito e foi o Secretário-Adjunto de Promoção da Igualdade Racial durante o governo do Presidente Lula.

Sobre o Stop Bolsonaro 4

​Neste dia 31 de janeiro de 2021 ocorre a quarta edição do Stop Bolsonaro Mundial. Um movimento que conta com a participação de ativistas indignadas com a necropolítica e o GENOCÍDIO causado pelo descaso sanitário e incompetência do desgoverno Bolsonaro, que desde o início, além de não se importar com crimes ambientais, desigualdades sociais, racismo estrutural e NEGAR A PANDEMIA, pratica a misoginia, a homofobia, o racismo, o discurso de ódio, espalha informações falsas, engana a população, age com total desrespeito moral e atua de forma leviana e cruel para com o povo, deixando que morra sem hospitais, sem vacina e de fome.

A organização pluripartidária do Stop Bolsonaro Mundial, reúne pessoas de todos os credos e origens, feministas, antirracistas, antifascistas, ativistas pelos direitos humanos, líderes de movimentos sociais no Brasil e no exterior, que lutam pelas causas sociais, raciais, de gênero, ambientais e políticas, promovendo atos nas redes e nas ruas, considerando todos os cuidados sanitários e medidas de segurança e prevenção.

É preciso entender que não é normal um governo simplesmente ignorar os problemas pertinentes ao país e à população, que governa apenas em prol de seus próprios interesses e de sua família de gangsteres.

É preciso dizer não à repressão e à Necropolítica! Junte-se ao movimento! Bolsonaro, a milícia controlada por ele e seus capangas precisam ser parados!