Prefeito escolhe “parque do jacaré” para iniciar a vacinação em Curitiba

O jacaré é uma personalidade em Curitiba com direito a monumento no tradicional Parque Barigui –cartão postal na capital do Paraná. No lago, uma placa advertia até recentemente a existência do animal (veja foto abaixo). “O jacaré é manso, mas é um jacaré!”, dizia o aviso da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

O termo “jacaré” ganhou relevância depois que o presidente Jair Bolsonaro disse que quem tomasse vacina poderia virar um jacaré.

No afã de desacreditar a vacina, Bolsonaro disse no último dia 18 de dezembro sobre a vacina da Pfizer: “Se você virar jacaré, é problema seu.”

Dito isso, o prefeito de Curitiba Rafael Greca (DEM) definiu o “parque do jacaré” para iniciar a vacinação contra a Covid-19 a partir desta quarta-feira (20), às 10h.

Placa no lago advertia: “O jacaré é manso, mas é um jacaré!”

Greca, bom de marketing, rebatizou o local como ‘Pavilhão da Cura’, no Parque Barigui, na região central da capital paranaense.

Segundo a Prefeitura de Curitiba, o espaço segue normas de prevenção, logística e circulação definidas pelas autoridades sanitárias para o cumprimento seguro do rito de imunização. Nesta terça-feira (19), técnicos estão sendo capacitados para iniciar a vacinação contra a Covid-19 em Curitiba.

O ‘Pavilhão da Cura’ foi instalado em um espaço de 7.500 m² e cerca de 3 mil metros quadrados de área útil serão destinados a à logística de vacinação. A expectativa é que 450 pessoas sejam imunizadas por hora.

O local vai funcionar de segunda a sábado e o horário de vacinação vai ser informado aos curitibanos através do aplicativo ‘Saúde Já’. No total, serão 52 boxes destinados à vacinação, com acessibilidade plena para cadeirantes, mais áreas de espera no pré-vacina e de estabilização no pós-vacina.

Já os idosos contam com um drive-thru que vai operar com 10 barracas na rua de serviço anexa ao pavilhão, acessada pela Alameda Burle Marx, em sentido único da entrada do Parque pela BR-277 para a Avenida Cândido Hartmann.

PS: quanto ao famoso jacaré do Parque Barigui, a Prefeitura de Curitiba jura que ele foi capturado e devolvido para seu habitat natural.