Red Bull Bragantino vence e afunda Botafogo na zona de rebaixamento

Compartilhe agora

Claudinho e Ytalo marcam os gols da vitória do Massa Bruta. Matheus Babi faz para o Fogão. Bragantino saiu do Z-4.

De virada, o RB Bragantino venceu o Botafogo por 2 a 1 na noite desta segunda-feira (16), no estádio Nilton Santos, no fechamento da 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Glorioso foi superior no primeiro tempo, criou mais chances de gol e abriu o placar, com Matheus Babi, mas levou o empate logo na sequência. Ytalo recebeu na entrada da área, e finalizou com categoria.

No segundo tempo, mesmo com pouca posse de bola, o Massa Bruta criou as melhores oportunidades e virou o jogo com Claudinho, em um pênalti polêmico.

Classificação

Com o resultado, o Botafogo permanece na zona do rebaixamento, e é o vice-lanterna, com apenas 20 pontos.

Já o Red Bull Bragantino chega aos 23 pontos, sai da zona de rebaixamento e sobe para o 15º lugar.

Próximos Jogos de Botafogo e RB Bragantino

Na próxima rodada, o Botafogo recebe o Fortaleza, no domingo (22), às 18h15 (de Brasília).

Na sexta-feira (20), às 20h (de Brasília), o RB Bragantino enfrenta o Bahia, em casa.

Ficha técnica de Botafogo 1 x 2 RB Bragantino

Data/Hora: 16/11/2020, às 20h

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (FIFA – PR)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA – MG) e Ivan Carlos Bohn (PR)

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Cartões amarelos: Cuello, Léo Ortiz e Helinho (RB)

Gols: Matheus Babi ( Botafogo – 43’/1ºT);  Ytalo ( Bragantino – 44’/2ºT) e Claudinho ( Bragantino – 40’/2ºT)

BOTAFOGO: Diego Cavalieri; Kevin, Marcelo Benevenuto, Kanu, Victor Luís; Zé Welison, Caio Alexandre (Pedro Raul), Keisuke Honda; Éber Bessa (Davi Araújo), Bruno Nazário (Rhuan); Matheus Babi (Kalou).

Técnico: Emiliano Díaz.

RED BULL BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger, Weverson (Luan Cândido); Ricardo Ryller (Matheus Jesus), Raul; Artur, Claudinho (Fabrício Bruno), Cuello (Helinho); Ytalo (Chrigor).

Técnico: Maurício Barbieri.