Globo cancela debate em SP, após Boulos testar positivo para COVID

Compartilhe agora

As redes sociais fervem com dois assuntos às vésperas da eleição de segundo turno: 1. O diagnóstico positivo de Guilherme Boulos para a COVID e 2. O anúncio da TV Globo de cancelamento do debate entre os candidatos à Prefeitura de São Paulo.

“Pelas regras acordadas com os dois candidatos, a TV Globo cancelou o debate entre Boulos e Covas marcado para esta sexta-feira”, afirmou a emissora dos Marinho.

Em vídeo publicado na tarde desta sexta-feira (27), Boulos propôs que a emissora realize o confronto virtualmente. Ou seja, ele e Bruno Covas no estúdio da Globo e ele, Guilherme Boulos, de sua casa na periferia de SP.

“Já pedimos à Globo para o debate ser mantido de forma virtual”, comunicou o candidato do PSOL.

“Queremos debate virtual na TV Globo. Ou então coloca os vices pra debaterem”, reivindicou a economista Laura Carvalho, da USP.

“Em 2004 a TV Globo tinha até uma apresentadora virtual, a Eva Byte”, lembrou o jornalista Raife Sales. “Em 2020, a Globo não consegue fazer um debate virtual porque um dos candidatos está com covid”, disparou.

“Tudo o que a Globo queria: cancelar o debate e deixar a vitória do afilhado Covas mais fácil”, protestou uma internauta.

A arquiteta e urbanista Ana Lúcia Fiorotti, no Twitter, disse que a Globo está apresentando diversos programas normalmente com apresentadores e artistas convidados de forma virtual. “Seria vergonhoso e leviano não dispor de seus meios e capacidade tecnológica para levar o debate aos espectadores. Queremos debate virtual, importante é ter debate!”, cobrou.

Com o cancelamento do debate, a TV Globo reexibirá para São Paulo o ‘Globo Repórter’ com a viagem de Glória Maria a Macau, na China.

Vídeo com Boulos propondo à TV Globo debate virtual