Requião denuncia projeto de autonomia do Banco Central do Brasil

Compartilhe agora

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), presidente de honra da Frente Pela Soberania, denunciou nesta quinta (21) o projeto que prevê gestão independente para o Banco Central do Brasil.

O emedebista denunciou que a autonomia ao Banco Central foi apresentada por meio de um projeto do senador Telmário Mota (PROS-RR).

“O problema maior está acontecendo agora. Tive a notícia de que senadores estão viabilizando um projeto que dá autonomia ao BC a partir do terceiro ano do governo Bolsonaro”, denunciou com ar de gravidade.

Segundo Requião, a autonomia do BC começaria a valer com mandato de 4 anos.

“Não adiantará mais eleger presidente da República” disse o ex-senador. “O Brasil estará entregue ao comando do capital financeiro”, alertou Requião.

Para o ex-senador paranaense a autonomia do Banco Centro seria o passo definitivo para o golpe em favor do capital financeiro.

Roberto Requião participou hoje de um debate na CUT-PR com o deputado federal e ex-prefeito de Belo Horizonte, Patrus Ananias (PT), e o presidente da CUT Paraná, Márcio Kieller. Eles debateram “Privatizações e Soberania”. A mediação foi do jornalista do “Brasil de Fato Paraná”, Fred Vasconcellos.

Assista ao vídeo: