Bolsonaro aciona PF contra Boulos por críticas nas redes sociais

A Polícia Federal (PF) procurou os advogados do pré-candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), para intimá-lo a prestar esclarecimentos sobre postagens contra presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas redes sociais.

Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo, a investigação acontece no âmbito de um inquérito aberto no Departamento de Inteligência Policial (DIP).

“O advogado Alexandre Pacheco Martins, que representa Boulos, vai à PF em Brasília, nesta segunda (28), para entender do que se trata”, destaca a coluna.

LEIA TAMBÉM
Reforma tributária: Vem aí congelamento de aposentadorias e imposto sobre as transações e pagamentos eletrônicos

PT vai STF contra omissão do governo Bolsonaro no combate às queimadas no Pantanal e na Amazônia

Lula vence no TSE

Pelo Twitter, Boulos compartilhou a notícia e afirmou que Bolsonaro pretende eleger Celso Russomano (Republicanos) em São Paulo e por isso acionou a PF para tentar intimidá-lo.

“O medo deles do nosso crescimento só mostra que estamos no caminho certo. São Paulo vai ser a capital da resistência!”, escreveu o psolista na rede social.

Compartilhe agora