Maia diz que quarentena para ex-juiz não atinge Moro

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou nesta quarta-feira (5) que o projeto que discute a ampliação da quarentena para ex-juízes que queiram se candidatar não atinge o ex-ministro Sérgio Moro. A declaração de Maia foi dada à rádio Banda B, de Curitiba, durante uma entrevista por meio de uma live na rede social Instagram.

“De forma nenhuma a intenção é uma quarentena para prejudicar o ex-ministro Moro. O ex-ministro Moro tomou uma decisão certamente difícil, saiu da Justiça, veio para o governo, não deu certo, já saiu. Eu acho que ele tem toda a legitimidade, todo o direito de ser candidato a presidente. Não pode uma lei tirar dele esse direito”, disse o presidente da Câmara.

LEIA TAMBÉM
URGENTE: SÉRGIO MORO LANÇA NOVO PARTIDO PARA DISPUTAR 2022

Alexandre de Moraes é o novo relator no STF de pedido de impeachment de Witzel

Protesto contra Bolsonaro tem carreata em marcha à ré em São Paulo

Na entrevista, Maia também afirmou que Moro será um nome forte para as eleições de 2022.

“Se for candidato, e acho que ele está começando a se preparar para isso, certamente será um candidato forte nas eleições de 2022”, opinou.

Assista a íntegra da entrevista:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Presidente da Câmara fala do futuro e da relação com o Presidente Bolsonaro.

Uma publicação compartilhada por Banda B (@portalbandab) em