Lula diz que Globo quer acordo para manter Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (1º), durante reunião nacional do PT, que a Rede Globo tenta fazer um acordo para manter no poder o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo o petista, o editoral do jornal O Globo deste domingo (31) sinalizou a intenção da empresa dos Marinho.

“Estou dizendo pra gente não pegar o primeiro ônibus que tá passando. Estão querendo reeducar o Bolsonaro, mas não querem reeducar o Guedes. Tem pouca coisa de interesse da classe trabalhadora nesses manifestos. O editorial do Globo é uma proposta de acordo pra manter o Bolsonaro”, denunciou o petista.

Para Lula, o PT sabe porque quer tirar o Bolsonaro. “A gente quer tirar o Bolsonaro pra defender a vida. Porque ele não gosta de mulher, não gosta de preto, não gosta de índio, não gosta do povo trabalhador. É por isso que estamos dizendo Fora Bolsonaro”, justificou.

“Volto a dizer: não dá pra aceitar a ideia de que o Bolsonaro é resultado de um processo amplamente democrático”, afirmou. “Ele é resultado de um processo que se deu desde a cassação de uma presidenta sem crime. Agora perceberam que o troglodita que eles elegeram não deu certo.”

Lula sustentou que a eleição de Bolsonaro foi garantida por meio de uma fraude, conforme também afirmou em novembro de 2018 o presidente do instituto de pesquisa Vox Populi.

“Os sinais de que alguma coisa estranha aconteceu só aumentam. Tudo indica que houve uma interferência na eleição, centrada na manipulação de redes sociais, semelhante à que ocorreu em outros países, mudando seu rumo e ensejando a vitória de Bolsonaro”, disse à época o pesquisador Marcos Coimbra.

A prisão ilegal de Lula, em 2018, também foi parte dessa fraude eleitoral. Ele ficou preso político por 580 dias e, com isso, impedido de concorrer naquele pleito “semi-democrático”.

A tese de que a eleição de Bolsonaro foi uma fraude, aos olhos do PT, justificaria sua remoção do ilegítimo exercício da Presidência da República.

Assista à íntegra da fala de Lula:

LEIA TAMBÉM
Marcos Coimbra, dono do Vox Populi, afirma que houve fraude na eleição de Bolsonaro

PSOL denuncia o ministro da Justiça na Comissão de Ética da Presidência

“Intervenção militar é isso que já está aí”, critica em vídeo Roberto Requião

Lula quer uma campanha “Brasil Livre” para afastar Bolsonaro do poder; assista

O ex-presidente Lula afirmou que o essencial neste momento é que as pessoas se organizem e lutem por uma “Brasil Livre” de Bolsonaro.

“Nós precisamos salvar o Brasil desse tipo de governança que Bolsonaro está fazendo que ditatorial. Nós temos que ter em conta que as ameaças que eles andam fazendo às instituições, não apenas à Suprema Corte. Ele faz ameaças à Câmara, ao Senado; ele faz ameaças às pessoas individualmente, ele faz ameaças à sociedade brasileira.”

“Ele é grosseiro, é mal educado, ofende as pessoas, ofende o meio ambiente, ofende as mulheres, ofende os negros, ofende os índios, ofende todo mundo. Então é preciso que a gente trabalhe o Brasil Livre.”

Assista: