PSOL quer explicações do Ministro da Defesa sobre ameaças à democracia feitas por Bolsonaro

Deputados do PSOL apresentaram, nesta segunda-feira (4), um requerimento de convocação do Ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, a uma sessão virtual da Câmara dos Deputados para que ele explique as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a manifestação antidemocrática do último domingo (3), em Brasília.

LEIA TAMBÉM:
Bolsonaro lidera manifestação antidemocrática em Brasília, ignorando perigo de contágio por coronavírus

Venezuela captura dois americanos por tentativa de “invasão” pelo mar para promover “golpe”

Bolsonarista que agrediu enfermeiras trabalha no ministério de Damares

Na manifestação em frente ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro atacou o Supremo Tribunal Federal (STF) e disse que “está no limite”, citando apoio das Forças Armadas.

“É urgente que o ministro de Estado de Defesa preste esclarecimentos à sociedade brasileira sobre o papel das Forças Armadas no Estado democrático de direito”, escreveram os parlamentares do partido.

O documento é assinado pela líder do PSOL na Câmara, Fernanda Melchionna (RS), e pelos deputados Ivan Valente (SP), Luiza Erundina (SP), Sâmia Bomfim (SP), Talíria Petrone (RJ), Glauber Braga (RJ), Marcelo Freixo (RJ), David Miranda (RJ), Edmilson Rodrigues (PA) e Áurea Carolina (MG).

Leia a íntegra do requerimento:

Requerimento-convocação- ministro-da-Defesa

Com informações do PSOL.