No Rio, dois médicos morrem infectados por coronavírus


O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) informou que dois médicos morreram por causa do coronavírus nesta segunda-feira (6). O órgão alertou para os riscos na atuação dos profissionais da Saude no combate ao coronavírus.

O órgão registrou as mortes do cardiologista Ricardo Antonio Piacenso, no Hospital Ronaldo Gazzola, e do anestesiologista José Manoel de Melo Gomes, que trabalhava Hospital Naval Marcílio Dias e no Oeste Dor. A unidade de saúde em que José Manoel estava não foi confirmada.

LEIA TAMBÉM:

Notícias ao vivo do coronavírus: “Bolsonaro é a tragédia”

Nova York tem queda de 50% no número de internações por coronavírus

Senado vota PEC do Orçamento de Guerra na próxima segunda-feira

O Cremerj lamentou as mortes e alertou para os riscos na atuação dos profissionais de Saúde no combate ao coronavírus.

O último registro do Ministério da Saúde indicou 1.461 casos positivos no Rio de Janeiro e de 74 mortos pela Covid-19.