Doria critica carreatas e diz que bolsonaristas “são aliados da doença”

Publicado em 18 abril, 2020

O governador de São Paulo, João Doria Jr. (PSDB), foi ao Twitter criticar as carreatas contra o isolamento social ocorridas em algumas cidades neste sábado (18).

Doria escreveu:

“Neste sábado São Paulo chegou a 991 mortos e a doença já atingiu 225 cidades do nosso Estado. No mesmo dia, algumas manifestações a favor do coronavírus sugiram como ato de sabotar o trabalho de profissionais de saúde, que continuam lutando para salvar vidas.”

“O mundo inteiro está unido para combater a pandemia. No Brasil, alguns insistem em tratar a doença como se ela escolhesse cor partidária. São aliados da doença. Triste, muito triste.” 

Doria foi um dos alvos das carreatas dos bolsonaristas. Eles protestaram contra o isolamento social decretador pelo governador como forma de conter a propagação do Coronavírus.

A classe média alta e a pequena burguesia não querem amargar prejuízos durante a pandemia. Por isso, eles fazem coro com o governo Bolsonaro, de dentro de seus carros, para que o comércio seja aberto e o isolamento social seja encerrado.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaristas fazem carreatas em diversas cidades neste sábado

Coronavírus é cruel com os mais pobres em São Paulo

Bolsonaro participa de manifestação contra o isolamento em Brasília; assista

O balanço do ministério da Saúde divulgado neste sábado (18) aponta que a epidemia de Coronavírus continua aumentando no Brasil.

Os números consolidados da Covid-19 neste sábado são:

  • 2.347 mortes
  • 36.599 casos confirmados
  • Taxa de letalidade de 6,4%
  • São Paulo tem 991 mortes e 13.894 casos

O número de mortes aumentou 9,6% com 206 óbitos em 24 horas.

A Região Sudeste registra 55,9% (20.466) dos casos confirmados da doença. Em seguida, aparecem as regiões Nordeste (8.507), Norte, (3.416), Sul (2.738) e Centro-Oeste (1472).