Coronavírus: Copacabana Palace fecha e Jorge Ben Jor é o único hóspede


O majestoso Copacabana Palace, um dos pontos icônicos do Rio de Janeiro, estará fechado nas próximas semanas por conta dos impactos da pandemia do coronavírus. É a primeira vez que o hotel fecha em seus 97 anos de existência.

As bandeiras estarão hasteadas como sempre, e a fachada continuará sendo iluminada todas as noites, informa o Grupo Belmont do Brasil, que administra o hotel. A reabertura do “Copa” está prevista para o final de maio.

Os últimos hóspedes deixaram o Copacabana Palace na segunda-feira (6). Apenas o cantor e compositor Jorge Ben Jor vai permanecer hospedado, já que ele vive desde de 2018 no hotel construído pela família Guinle no ínício do século XX.

LEIA TAMBÉM:

EUA registram novo recorde com quase 2 mil mortes por coronavírus em 24 horas

Bolsonaro fica de cabelo em pé com nova pesquisa sobre combate ao coronavírus; confira

Manifesto pela renúncia de Bolsonaro recebe adesão de parlamentares e abre plataforma para assinaturas da sociedade

Andrea Natal, diretora geral do Grupo Belmond do Brasil, também vai permanecer no local.

*Com informações de O Globo