Coreia do Sul nega que Kim Jong-un esteja doente e desmonta fake news


Autoridades governamentais da Coreia do Sul foram obrigadas a negar que o líder da Coreia do Norte Kim Jong-un esteja gravemente enfermo após a realização de uma cirurgia cardíaca.

O dirigente norte-coreano, de 36 anos, não compareceu a uma série de eventos significativos e emblemáticos para o regime, o que gerou especulações sobre sua saúde.

A especulação ganhou força com a sua ausência no aniversário do fundador Kim Il-sung, que faria 108 anos em 15 de abril.

O porta-voz do presidente sul-coreano negou a informação de que Kim Jong-un estaria correndo risco de morrer após a realização de uma cirurgia. A notícia foi veiculada na noite desta segunda-feira (20) pela imprensa norte-americana e por sites sul-coreanos.

LEIA TAMBÉM:

Kim Jong está vivinho da Silva, diferente do que noticia a velha mídia

Brasil tem 2.741 mortes e 43.079 casos confirmados da Covid-19 em 21/04

PT e Lula aprovam o ‘Fora Bolsonaro’ no Dia de Tiradentes

O líder coreano foi visto pela última vez pela mídia estatal em 11 de abril, presidindo uma reunião no governo sobre o combate ao coronavírus, informou a Forbes.

Compartilhe agora