Janaina Paschoal quer Mourão no lugar de Bolsonaro

Compartilhe agora

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) defendeu nesta segunda-feira (16) que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seja afastado do cargo.

“Esse senhor tem que sair da Presidência da República, deixa o [vice-presidente Hamilton Mourão] Mourão que entende de defesa. Nosso país está entrando em uma guerra contra um inimigo invisível. Deixa o Mourão, que é treinado para defesa, conduzir a nação”, disse Janaina no plenário Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

LEIA TAMBÉM:
Especialistas defendem medidas restritivas para reduzir propagação do coronavírus

Barraco: Major Olímpio e João Dória quase saem no tapa em São Paulo; assista

Internautas reagem e #ForaBolsonaro sobe no Twitter

“Não tem mais justificativa. Como um homem que está possivelmente infectado vai para o meio da multidão? Como um homem, que faz uma live na quinta e diz para não ter protestos, vai participar desses mesmos protestos e manda as deputadas que são paus-mandados dele chamar o povo pra rua?”, questionou a deputada.

Janaina ainda afirmou ter se arrependido de seu voto nas eleições de 2018.

“Eu me arrependi do meu voto. Que país é esse? Como é que esse homem vai lá, potencialmente contaminando as pessoas, pegando nas mãos, beijando. Ele está brincando? Ele acha que ele pode tudo? As autoridades têm que se unir e pedir para ele se afastar. Nós não temos tempo para um processo de impeachment. Nós estamos sendo invadidos por um inimigo invisível”, disse a parlamentar.

Assista ao vídeo:

Leia a íntegra do discurso de Janaina:

“É inadmissível, é injustificável, é irresponsável, crime contra a saúde pública. Desrespeitou a ordem do seu ministro da Saúde. Tem gente pedindo para o Mandeta sair, não façam isso, o Mandeta está trabalhando bem. Nós temos que manter os bons profissionais nos cargos estratégicos. Esse senhor tem que sair da presidência da República, deixa o Mourão, que entende de defesa. O nosso país está entrando numa guerra contra um inimigo invisível. Deixa o Mourão que é treinado para defesa no comando da nação. Não tem mais justificativa. Como um homem que está possivelmente infectado vai para o meio da multidão? Como um homem que faz uma live na quinta e diz pra não ter protestos, vai participar nesses mesmos protestos e manda as deputadas, que são paus mandados dele, chamar o povo para a rua. Eu me arrependi do meu voto. Que país é esse? Como esse homem vai lá, potencialmente contaminando as pessoas. Pegando nas mãos, beijando. Ele tá brincando? Ele acha que ele pode tudo? As autoridades tem que se unir e pedir pra ele se afastar. Nós não temos tempo pra um processo de impeachment, nós estamos sendo invadidos por um inimigo invisível. precisamos de pessoas capazes e competentes de conduzir a nação. Quero quer que o Mourão possa fazer isso por nós”.