‘Pedalada fiscal’ de Guedes e Bolsonaro foi de R$ 55 bilhões em 2019

A “pedalada fiscal” de Bolsonaro e Guedes em 2019 foi de, pelo menos, R$ 55 bilhões. A informação é do Valor Econômico que minimizou o fato e chamou de “drible”.

O montante foi de despesas que ficam de fora do limite estabelecido pelo teto de gastos. Parte desse dinheiro continuará gerando despesas neste e nos próximos anos.

LEIA TAMBÉM
IBGE: Produção industrial encolheu 1,1% com Bolsonaro em 2019

Frota diz que aliança de Bolsonaro com Skaf é para conter Lava Jato

Gleisi: “Para Bolsonaro o povo é o problema, para nós é solução”

Gleisi apoia greve dos petroleiros e defende ‘resistência’ nas ruas

O maior volume de gastos fora do limite constitucional foi dos R$ 34,4 bilhões pagos à Petrobras. Fora o debate sobre os gastos, a questão é que Dilma Rousseff foi derrubada por muito menos que isso.

Com informações do Valor.