Comissão de Educação do Senado quer ouvir Weintraub sobre os erros no Enem

A Comissão de Educação aprovaram um convite para o ministro da Educação, Abraham Weintraub, explicar os problemas ocorridos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019.

Na reunião da comissão nesta terça (4), o senador Humberto Costa (PT-PE) criticou a escolha dos ministros da Educação do governo Bolsonaro e chamou de “lambança internacional” o fato de as provas do Enem apresentarem erros de correção.

“É uma demonstração de incompetência, irresponsabilidade, falta de compromisso público e prepotência.” Completou.

LEIA TAMBÉM
Abraço de afogados: Weintraub ‘fica’, diz Onyx Lorenzoni

‘Enem tá complicado’, diz Bolsonaro e cerco se fecha contra Weintraub

Weintraub balança no cargo após aceitar corrigir prova do Enem de filha de bolsonarista

Já o senador Fabiano Contarato (Rede-ES) reclamou do corte, no Orçamento de 2020, de R$ 10 bilhões que seriam destinados a centros de pesquisa científica e universidades federais, além da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), ao mesmo tempo em que o orçamento da Defesa aumentou.

Fonte: Agência Senado.