Bolsonaro radicaliza e convoca para o ato do ‘foda-se’ Congresso e STF

Publicado em 25 fevereiro, 2020
Compartilhe agora!


O presidente Jair Bolsonaro decidiu radicalizar e está convocado a sua base de apoio para o ato do “Foda-se” Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal (STF). Via WhatsApp pessoal, Bolsonaro convoca para as manifestações golpistas programadas para o próximo dia 15 de março.

As palavras de ordem de convocação das manifestações fazem a defesa da decretação de um novo AI-5, do impeachment de ministros do STF e a saída dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. Em várias redes sociais de bolsonaristas também são pedidos o fechamento do Congresso Nacional e uma ditadura militar.

No texto que envia junto com o vídeo, Bolsonaro escreve: “15 de março, Gen Heleno/Cap Bolsonaro. O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre”. O vídeo usa ainda o Hino Nacional como trilha sonora. E uma sucessão de bordões contra a “esquerda corrupta” e mostra Bolsonaro como “perseguido, caluniado e atrapalhado em seu governo” pelo velhos políticos.

O vídeo compartilhado por Bolsonaro para os atos contra o Congresso

O vídeo compartilhado por Bolsonaro para os atos contra o Congresso

Publicado por Brasil 247 em Terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaristas convocam “Operação Foda-se” para dia 15 de março

Grupos de caráter nitididamente proto-fascistas como o “Movimento Brasil Conservador”, Nas Ruas, “Movimento Conservador”, Direita Brasil e movimentos pró-monarquia impulsionam a convocação das manifestações. Além disso, sites e blogs, comandados pelo gabinete do ódio, diretamente vinculado ao clã Bolsonaro estão priorizando a convocação do “Foda-se”.

Compartilhe agora!