Efeito Moro: DCE da UFPR volta ao PCdoB após jejum de 30 anos

Publicado em 14 novembro, 2019
Compartilhe agora!

O definhamento da Lava Jato e a decadência do ex-juiz Sérgio fez a alegria do PCdoB, que voltou ao comando do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) após jejum de 30 anos.

A chapa 2 liderada pelos comunistas foi eleita com 49,35%. O PCdoB teve o PDT de Ciro Gomes como aliado nessa empreitada.

A turma que se identificava com a Lava Jato fez coisa de 10%, segundo informações dos centros acadêmicos da tradicional UFPR –instituição que até pouco tempo tinha Sérgio Moro como professor de Processo Penal (SIC).

Uma das novas dirigentes da força majoritária no DCE da UPFR é a estudante Vanessa Domingos, do curso de Secretariado. Ela é integrante da União da Juventude Socialista (UJS), braço da juventude do PCdoB.

Confira o resultado final da eleição no DCE da UFPR:

EXECUTIVA

  • Chapa 2 1672 – 49,35%
  • Chapa 3 338 – 10%
  • Chapa 4 974 – 28,8%
  • Brancos 397 – 11,7%
  • Nulos 76 – 0,77
    TOTAL: 3388

CONSELHOS

  • Chapa 2 2026 – 59,9%
  • Chapa 3 239 – 7,06%
  • Chapa 4 914 – 27%
  • Brancos 137 – 4%
  • Nulos 76 – 2,25%
    TOTAL: 3384

LEIA TAMBÉM
Com Lula livre, Orlando Silva e Chinaglia desistem de congresso do MBL

Em vídeo, Frota se veste de palhaço e xinga Carluxo, Eduardo e ‘governo da suruba’ de Bolsonaro

Haddad chama Moro de “miliciano de toga”

Compartilhe agora!