URGENTE: Requião e Gleisi denunciam Deltan Dallagnol ao CNMP

Publicado em 25 setembro, 2019
Compartilhe agora!

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) e a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) ingressaram nesta quarta-feira (25) com uma Reclamação Disciplinar, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), contra os procuradores da República Deltan Dallagnol, Diogo Castor de Mattos e Wladimir Aras.

Na petição, Gleisi e Requião pedem que se instaure processo administrativo disciplinar para apurar a responsabilidade dos membros da força-tarefa Lava Jato com base nos diálogos divulgados pelo site The Intercept Brasil e outros veículos de comunicação.

De acordo com a reclamação protocolada no CNMP, os procuradores nutriam inimizade pelos ex-senadores e por isso tramavam uma possível candidatura de Deltan ao Senado com o objetivo de “derrubar” Gleisi e Requião.

“Você se elege fácil e impede um dos nossos inimigos no Senado: Requião ou Gleisi caem”, diz uma das mensagens de Aras para Deltan.

LEIA TAMBÉM
Juiz Baltasar Garzón, que prendeu Pinochet, visita Lula em Curitiba

Novos diálogos da Vaza Jato revelam laços estreitos entre Barroso e Dallagnol

Supremo pode definir hoje a soltura de Lula

Para Requião, de acordo com a reclamação protocolada, a Lava Jato obteve sucesso na empreitada porque “caiu o inimigo” com sua não reeleição ao Senado.

A ação ainda apresenta ao CNMP cópia de matéria em que Diogo Mattos espalha a informação de que teria havia corrupção do pedágio no governo de Requião, que, segundo o emedebista, com o fito de prejudicá-lo nas vésperas da eleição de 2018.

Ao Blog do Esmael, Requião disse nesta hoje que o CNMP tem seis meses para agir. Caso o órgão se omita, pela Lei do Abuso da Autoridade, ele e Gleisi poderão ingressar contra os procuradores de forma privada.

O ex-senador Roberto Requião é autor que pune os abusos de poder de autoridades no País.

Clique aqui para ler a íntegra da reclamação disciplinar de Requião e Gleisi.

Compartilhe agora!