“Mulher de Macron é feia mesmo”, diz Paulo Guedes

Compartilhe agora!


O ministro da Economia Paulo Guedes disse nesta quinta-feira (5), em Fortaleza, que Brigitte Macron, mulher de Emmanuel Macron, presidente da França, “é feia mesmo”. Na ocasião, o ministro falou ainda sobre a necessidade de acelerar as privatizações no país e defendeu a venda dos Correios para a iniciativa privada.

Em uma palestra para convidados no evento “A Nova Economia do Brasil – o impacto para a região Nordeste”, Guedes falava sobre o que classificou como “progresso” do governo de Jair Bolsonaro em setores diversos quando citou o episódio em que o presidente falou sobre a mulher de Macron.

“Eu tô vendo o progresso em várias frentes, mas nada disso… é… tudo isso é assim… a preocupação é assim: xingaram a [Michele] Bachelet, xingaram a mulher do Macron , chamaram a mulher de feia. Macron falou que tão botando fogo na floresta brasileira e o presidente devolveu: ‘que a mulher dele é feia, por isso ele tá falando isso’. Tudo bem, é divertido, não tem problema nenhum. É tudo normal e é tudo verdade. Presidente falou mesmo, e é verdade mesmo, a mulher é feia mesmo [sorri, e a plateia ri e aplaude] . Não existe mulher feia, existe mulher observada do ângulo errado”, brincou o ministro.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro “demite” Dodge e indica Aras na PGR

#DesculpaBrigitte mostra a vergonha que os brasileiros sentem de Bolsonaro

O comentário sobre a mulher de Macron havia sido feito por Bolsonaro em resposta a um seguidor em um post do presidente, no Facebook, sobre a atuação de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) em Porto Velho para combater as queimadas na Amazônia.

O seguidor postou fotos dos dois presidentes acompanhados de suas mulheres com a seguinte pergunta: “Entende agora pq Macron persegue Bolsonaro?”. O seguidor ainda acrescentou “é inveja presidente do Macron pode crê (sic)”.

Bolsonaro respondeu ao comentário dizendo: “Rodrigo Andreaça não humilha cara. kkkkk”.

O presidente apagou o comentário. A postagem, feita em 24 de agosto, ficou no ar até o dia 27.

Compartilhe agora!