‘Bolsonaro aparelha instituições para proteger seu clã’, afirma Haddad

Publicado em 26 setembro, 2019

Em entrevista ao jornalista Bob Fernandes, o ex-candidato do PT à presidência da Republica Fernando Haddad fez declarações sobre a conjuntura política, a prisão de Lula e das políticas do governo Bolsonaro.

Ao longo da entrevista de mais de uma hora, Haddad avaliou os rumos que o Brasil está tomando por conta das decisões de Bolsonaro. “Ele não se faz de rogado, ele efetivamente avança no aparelhamento das instituições, jogando em duas frentes: na proteção do seu clã e na preparação de um aparato repressivo de viés autoritário. Ele entende os mecanismos de estado como armas de guerra contra seus eventuais adversários, que ele classifica como inimigo e que é todo mundo que não está com ele”, afirmou.

Em outro momento, voltou a tecer duras críticas aos nove meses de desgoverno. “É um governo distópico. Não tem nenhuma área organizada até agora. (…) O obscurantismo do governo Bolsonaro é funcional. Ele ajuda o Bolsonaro. Ele não pode abrir mão dessa agenda, porque o governo dele não para em pé. Se ele passar a ser civilizado, vai perder a popularidade.”

LEIA TAMBÉM:

Nova pesquisa Ibope mostra Bolsonaro em queda livre

Baltasar Garzón e Tarso Genro relatam visita a Lula; assista

STF retoma julgamento que pode favorecer Lula; ao vivo

Sobre a prisão política e injusta de Lula, Haddad afirmou que a luta pela liberdade do ex-presidente continuará cada vez mais forte. “O PT vai defender sua principal liderança porque está convicto, o partido inteiro, de que ele foi vítima de uma injustiça. E nós estamos com pelo menos 40% da população que acha a mesma coisa. E nós não vamos abrir mão disso.”

Confira a entrevista na íntegra

Fonte: Agência PT de Notícias