Lula livre em agosto, se não houver manobra

Compartilhe agora!

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ser solto até a metade de agosto, se não houver nova manobra da força-tarefa Lava Jato.

O Supremo Tribunal Federal (STF) prepara-se para retomar o julgamento da ação do petista que questiona a falta de imparcialidade do juiz Sérgio Moro que o condenou no caso tríplex.

Fartos diálogos divulgados pela série Vaza Jato, do site Intercept, forneceram nos últimos dois meses materialidade às diversas reclamações da defesa de Lula.

LEIA TAMBÉM
Moro duela com Intercept e Folha pelas redes sociais

Bolsonaro promete garimpos na Amazônia durante culto evangélico em Brasília

Lula chama Moro de “promoter” após revelação de palestras ocultas na Lava Jato

Antes do recesso no STF, final de junho, os ministros da Segunda Turma negaram um habeas corpus para o ex-presidente por 3 votos a 2. Entretanto, na volta aos trabalhos, eles prometem julgar o mérito do pedido de Lula.

Se os ministros do Supremo tinham dúvidas da parcialidade de Moro, meu Deus, agora as provas são mais do que fartas e contundentes.

Portanto, as chances são concretas de Lula ser libertado nos 500 dias de prisão política.

Compartilhe agora!