Defenestrado do PSL, Frota ‘tucanou’ nos braços de Doria

Compartilhe agora!


O deputado federal Alexandre Frota (SP) agora é tucano. Após expulsão do PSL, o parlamentar anunciou nesta sexta-feira (16) sua filiação ao PSDB. O convite, segundo ele, foi feito pelo governador de São Paulo, João Doria.

A mudança ocorre após o congressista ser expulso do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro. A expulsão se deu porque nos últimos meses Frota passou a criticar frequentemente decisões do governo. Os pedidos partiram de 2 congressistas peeselistas: a deputada federal Carla Zambelli (SP) e o senador Major Olimpio (SP).

Segundo Frota diz que recebeu convites de diversos partidos – DEM, MDB, Podemos, PRB, PP e PL. “Não foi fácil tomar a decisão, eu não queria ter saído do PSL da maneira como foi, inclusive. Foi uma decisão acertada, foi uma decisão muito pensada, conversamos muito, eu conversei muito com a executiva do PSDB, com o João Doria, que o convite partiu dele, com o Bruno Araújo [presidente nacional do PSDB]“.

Bolsonaro esculacha Frota: “Sei nem quem é esse”

Acusado de infidelidade partidária, Frota afirmou que sua expulsão do PSL é 1 “aviso para aqueles que acham que estamos vivendo em uma democracia”. À Folha de S.Paulo, o deputado disse que o presidente da República não é “burro”, mas sim um “idiota ingrato”, “inseguro”, “medroso” e “caricato”.

A solenidade de filiação será nesta sexta com a presença do governador João Doria

Compartilhe agora!