Chefe de gabinete do Instituto Chico Mendes pede demissão

Compartilhe agora


A chefe de gabinete do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Clarisse Elizabeth Fonseca Cruz, pediu exoneração do cargo. A saída foi publicada nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial da União.

Ela será substituída por Mariana Bulat, técnica-adminstrativa do instituto há quase cinco anos.

Nos últimos meses,  os organismos vinculados à pasta do Meio Ambiente atravessam um periodo de forte turbulência política.

O ICMBio é responsável por 335 unidades de conservação federais, distribuídas em todos os biomas do país (Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa, Pantanal e Marinho).