Bolsonaro sugere que chacina de 57 presos no Pará foi boa

O presidente Bolsonaro disse nesta terça-feira (30) para os jornalistas perguntarem para as vítimas dos que morreram no massacre em Altamira (PA), o que eles acham.

“Presídio no Pará, perguntem para as vítimas dos que morreram lá o que eles acham. Depois eu respondo”. Afirmou o presidente.

LEIA TAMBÉM
Sobe para 57 o número de presos mortos em rebelião no Pará

Ou seja, as vítimas dos crimes dos presos mortos deveriam achar bom o massacre, na lógica do presidente.

É a lógica do “bandido bom, é bandido morto” que regula a extrema direita.

Mas, desde que o bandido não seja miliciano, ou tenha assessores fantasmas, ou disseminador de fake news, ou assassino de índios, ou cometa crimes ambientais, ou assassino de Marielle Franco, ou seja cúmplice dos assassinatos da ditadura… etc…