Fraude pelo Whatsapp na campanha de Bolsonaro

Publicado em 18 junho, 2019

O espanhol Luis Novoa, dono da agência Enviawhatsapps, afirmou em gravações obtidas pela Folha de S. Paulo que foi contratado para mandar mensagens em massa a favor de Bolsonaro.

Nos áudios, ele diz que “empresas, açougues, lavadoras de carros e fábricas” brasileiros compraram seu software de envio de mensagens em massa.

.

Segundo o espanhol, ele não sabia que o programa seria usado na campanha eleitoral. Só descobriu quando suas contas foram bloqueadas pelo Whatsapp.

O que falta para que o Tribunal Superior Eleitoral faça uma investigação séria sobre o assunto? Vontade política?

As informações são da Folha de S. Paulo.