Marco Antonio Villa ‘defenestrado’ da Jovem Pan a pedido de Bolsonaro

Compartilhe agora

O apresentador Marco Antonio Villa, um “bolsonarista arrependido”, foi demitido da Jovem Pan, veículo em que trabalha há anos. Ele atuava como comentarista do “Jornal da Manhã” e ganhou notoriedade pelos violentos ataques ao ex-presidente Lula e a Dilma Rousseff. Villa nos últimos meses fazia críticas pontuais ao governo do presidente Bolsonaro (PSL).

Nem a Jovem Pan e nem mesmo o próprio Villa explicaram os motivos de seu afastamento. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, o historiador informou que estaria ausente do programa matinal de rádio e que passaria a fazer suas análises políticas, diariamente, no mesmo horário do jornal da Jovem Pan, pelo seu canal do YouTube.

A especulação que corre nas redações é que Villa foi demitido a pedido de Bolsonaro. Num dos programas, o apresentador chegou a afirmar que o presidente é “um embusteiro que tenta enganar as pessoas”.