Dono quer vender o sítio de Atibaia, mas não é o Lula

Publicado em 22 abril, 2019
Compartilhe agora!

O empresário Fernando Bittar, dono do sítio de Atibaia (SP) que rendeu uma condenação a Lula, quer vender o imóvel.

LEIA TAMBÉM: Em depoimento, Lula rebate ponto a ponto as acusações falsas do MPF sobre sítio de Atibaia

Em petição encaminhada ao juiz Luiz Bonat da 13a Vara Federal de Curitiba, Bittar afirma que a iniciativa de venda será mais benéfica à Justiça do que um eventual leilão, no qual poderia haver deságio.

A juíza Gabriela Hardt, que substituiu interinamente Sergio Moro à frente da Lava Jato, determinou na sentença, em fevereiro, o sequestro do imóvel por entender que as benfeitorias feitas na propriedade são produto de crime.

“Não há como se decretar a perda das benfeitorias sem que se afete o principal”, escreveu ela.

Mas essa foi a mesma juíza que copiou e colou trechos da sentença anterior, a do triplex, escrita por Moro, atual ministro do adversário de Lula.

LEIA TAMBÉM: CNJ abre processo contra juíza Gabriela Hardt por conluio na lava jato

Com informações da Folha de S. Paulo. 

Compartilhe agora!