Juíza admite que copiou sentença de Moro para condenar Lula

Publicado em 1 março, 2019
Compartilhe agora!

A juíza Gabriela Hardt, que substituiu Sérgio Moro na Lava Jato, admitiu que usou a sentença do triplex como “modelo” para condenar Lula no caso do sítio de Atibaia.

LEIA TAMBÉM: Defesa de Lula protocola perícia no STF que comprova que juíza usou texto de Moro

Ela divulgou nesta quinta-feira (28) uma nova versão de sua decisão.

“Corrijo o erro material no item “d” do tópico IV – Disposições Finais – cujas redações inicial e final foram tiradas do documento 700003590925 do eproc, usado como ‘modelo’ neste ponto da sentença. Assim, onde se lê “apartamento”, deve-se ler “sítio”, esclarecendo ainda que tanto o produto do confisco criminal como o valor mínimo para a reparação dos danos são devidos à Petrobrás”, disse a juíza em sua retificação.

LEIA TAMBÉM: Condenação de Lula pode ser invalidada no caso do sítio de Atibaia

Com informações do Consultor Jurídico.

Compartilhe agora!