Ida de Lula ao enterro do neto é “questão da Justiça”, diz Mourão

(Brasília – DF, 21/01/2019) General Hamilton Mourão, no exercício da Presidência da República.
Foto: Romério Cunha/VPR


O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), optou por não se manifestar sobre o direito de liberação para o ex-presidente Lula ir ao enterro de seu neto. Questionado, ele falou que essa é “uma questão da Justiça, e devemos aguardar que decidam”.

No fim de janeiro, com a morte do irmão mais velho de Lula, Genival Inácio da Silva, Mourão disse que a saída de Lula era uma “questão humanitária”. Conhecido como Vavá, faleceu aos 79 anos em decorrência de um câncer no pulmão. A defesa do ex-presidente pediu para que ele pudesse sair e acompanhar o enterro, como é previsto no artigo 120 da Lei de Execução Penal.

Arthur é filho de Sandro Lula da Silva, o caçula de Lula com Marisa Letícia. A mãe do garoto chama-se Marlene Araújo. O enterro está marcado para a tarde deste sábado (2/3), em Santo André.

*As informações são do Portal Metropoles

Comentários encerrados.