Reforma da Previdência: Campanha publicitária do governo vai evitar a palavra “reforma”

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) fechou na última terça-feira (19) um plano de comunicação para obter apoio para a sua proposta de reforma da Previdência.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro entrega nesta quarta-feira proposta de reforma da Previdência

Na campanha publicitária, o governo vai evitar o uso da palavra “reforma” para se referir à proposta de endurecimento nas mudanças nas regras das aposentadorias e pensões.

Com o slogan “Nova Previdência: Justa para todos. Melhor para o Brasil”, a ideia é reforçar que as medidas atingem a todas as categorias, que precisarão dar sua “cota de sacrifício” para a sustentabilidade das contas públicas.

Outro enfoque será no fim dos “privilégios” de alguns grupos.

A campanha publicitária da Previdência será produzida pela agência paulistana Artplan.

Com informações do Estadão

Comentários encerrados.