Maia articulou segundo bloco para esvaziar oposição, diz Melchionna do PSOL

O atual presidente da Câmara de Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) “articulou um segundo bloco de partidos juntando legendas da base bolsonarista mais o PDT de Ciro Gomes e o PCdoB para esvaziar a oposição de verdade a Bolsonaro” denuncia a vice-líder do PSOL, Fernando Melchionna, em entrevista a TV Câmara nesta noite de sexta (1).

Segundo Melchionna, o grupo formado por Patriota, PCdoB, PDT, Podemos, Solidariedade, PPS, AVANTE, DC, PV e PROS, que soma 105, tira a liderança da minoria (oposição) do bloco de esquerda (PT, PSOL, PSB e REDE) com 97 deputados. Uma manobra de Maia, aliado de Bolsonaro, para enfraquecer a esquerda e a oposição ao governo.

Assim, o grupo de partidos do segundo bloco garantiu a 2ª Secretaria, que ficará com o PDT, e a preferência na escolha de comissões. Além disso, também deve ficar com a liderança da oposição.

Entre os partidos que compõe o segundo bloco há ainda processos de fusões e incorporações em curso que ainda estão sob exame do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas que foram, de pronto, reconhecidos por Maia,

Comentários encerrados.