José de Abreu, ‘presidente do Brasil’, deixa a direita bolsonarista com ‘tic-tic nervoso’

Publicado em 27 fevereiro, 2019
Compartilhe agora!


O ator José de Abreu, autoproclamado presidente do Brasil, viralizou nas redes sociais. O que ele não imaginava, segundo declarou em entrevista à TV247 na noite de terça-feira (26), era a imensa repercussão política do seu gesto irônico, mas que logo se politizou.

A Direita ligada ao bolsonarismo passou recibo, de imediato, com pronunciamentos na Câmara dos Deputados e falas nervosas na Rádio “Klu Klux Pan”, ops, Rádio Jovem Pan.

A repercussão do gesto irônico do ativista José de Abreu, vivendo no momento na Grécia, desconcertou a direita bolsonarista, que sentiu a força do golpe do contra-discurso do ator. A alusão à situação surreal de Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente da Venezuela numa praça, e as últimas medidas desastradas do governo, me levaram a tomar esta decisão, disse Abreu.

O gesto de Zé de Abreu funcionou para milhares de pessoas como uma espécie de catarse, “uma purgação”, em relação ao governo de Jair Bolsonaro e suas políticas.

Compartilhe agora!