Por Esmael Morais

Família Bolsonaro frita ministro Bebianno

Publicado em 13/02/2019

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, deve mesmo “pagar o pato” pelo verdadeiro “laranjal” plantado pelo partido do presidente Bolsonaro, o PSL.

O presidente do PSL, Luciano Bivar, licenciou-se da presidência da legenda desde a entrada do grupo de Bolsonaro até o fim da eleição. Nesse período, quem exerceu o comando do “laranjal” foi Bebiano.

LEIA TAMBÉM: Candidatura laranja do PSL que recebeu R$ 400 mil vira jogo de empurra federal

Por isso que ele está “pagando o pato”. “Pato com laranja” para os gurmets.

E nem adiantou Bebianno se apressar em dizer que está tudo bem, que conversou com o presidente, etc… O filho, Carlos Bolsonaro, apressou-se em desmentir o ministro em público.

Confira:

https://twitter.com/CarlosBolsonaro/status/1095698138382389249