Desemprego vai aumentar com corte de salários e direitos, diz Vicentinho

Publicado em 27 fevereiro, 2019
Compartilhe agora!

O deputado federal Vicentinho (PT-SP) afirmou nesta quarta-feira (27) que o índice de desemprego, que voltou a subir no país, pode aumentar ainda mais com o aumento de políticas que reduzem poder de compra dos salários e retiram direitos sociais.

LEIA TAMBÉM:
Greve continua na Ford do ABC contra o fechamento da fábrica

A afirmação foi feita durante pronunciamento no plenário da Câmara e refere-se à divulgação de pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que apontou aumento de 2,7% no desemprego no último trimestre, encerrado em janeiro deste ano, alcançando um total de 12% dos brasileiros.

“A tendência é crescer mais ainda. As políticas não estimulam o emprego, reduzem o salário, reduzem direitos e não favorecem”, criticou o deputado petista.

Como exemplo do desemprego que assola o país, Vicentinho citou o fechamento da fábrica de caminhões da Ford, em São Bernardo do Campo (SP).

Segundo ele, 2,8 mil pais de família serão afetados diretamente pelo fechamento da fábrica, além de outros 1,7 mil trabalhadores terceirizados.

“Sem falar dos fornecedores de autopeças, de borracha, de química e de vidro, dos revendedores, do comércio em volta que sobrevive com a Ford e do prejuízo aos cofres públicos com o fechamento dessa fábrica”, observou Vicentinho.

Com informações do PT na Câmara

Compartilhe agora!