Requião chama de “maluco” o ministério de Bolsonaro

O senador Roberto Requião (MDB-PR), um analista sem papas na língua, afirmou nesta terça 1º que o ministério de Bolsonaro é “maluco” e que “não tem a cara do Brasil”.

De acordo com o parlamentar, a facada, a corrupção, o ódio aos políticos e trabalho da mídia elegeram Jair Bolsonaro. No entanto, ressalvou, o Brasil não tem a cara e o jeito deste ministério maluco anunciado.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro elege enfrentar o socialismo e esquece o combate ao desemprego

Para Requião, a sociedade brasileira não é atrasada como este governo que se inicia hoje.

Abaixo, conheça os 22 ministros de Bolsonaro:

Onyx Lorenzoni (Casa Civil)
Paulo Guedes (Economia)
General Augusto Heleno (Segurança Institucional)
Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia)
Sérgio Moro (Justiça)
Tereza Cristina (Agricultura)
General Fernando Azevedo e Silva (Defesa)
Ernesto Araújo (Relações Exteriores)
Roberto Campos Neto (Banco Central)
Wagner Rosário (Transparência e CGU)
Luiz Henrique Mandetta (Saúde)
André Luiz de Almeida Mendonça (AGU)
Gustavo Bebianno (Secretaria Geral da Presidência)
Ricardo Vélez Rodríguez (Educação)
General Carlos Alberto dos Santos Cruz (Secretaria de Governo)
Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura)
Gustavo Canuto (Desenvolvimento Regional)
Osmar Terra (Ministério da Cidadania)
Marcelo Álvaro Antônio (Turismo)
Bento Costa Lima (Minas e Energia)
Dalmares Alves (Mulheres, Família e Direitos Humanos)
Ricardo de Aquino Salles (Meio Ambiente)

Comentários encerrados.