Bolívia frustra show midiático de Bolsonaro com prisão de Battisti


A decisão do governo boliviano de entregar diretamente o ativista Cesare Battisti para as autoridades italianas, na noite deste domingo (13), frustrou o show midiático montado pelo presidente Bolsonaro.

O governo da extrema-direta realizou intensas gestões junto aos bolivianos para que Battisti fosse entregue à Polícia Federal brasileira, que chegou a ‘pagar o mico’ de enviar um avião até o país vizinho. O objetivo de Bolsonaro era realizar um ato midiático exibindo o preso como um troféu político de seu confuso e obscuro governo.

O governo da Bolívia expulsou Battisti que entrou ilegalmente no país e realizou as tratativas diretamente com os italianos, ignorando os apelos de Bolsonaro e das demais autoridades brasileiras envolvidas na armação do show midiático.

A defesa de Cesare Battisti ainda fez uma última tentativa com um pedido de asilo junto ao governo boliviano.

Comentários encerrados.