Por Esmael Morais

Bolsonaro e PSDB são farinha do mesmo saco golpista, diz Haddad

Publicado em 01/10/2018

O presidenciável Fernando Haddad (PT) colocou no mesmo saco golpista o adversário Jair Bolsonaro (PSL) e o PSDB de Geraldo Alckmin, nesta tarde, durante comício na tradicional Boca Maldita em Curitiba.

O petista afirmou que o PSDB ainda tem ministro no governo Michel Temer, rejeitado por 90% da população. “Se você acha ruim o governo temer, você ainda não conhece as propostas do Bolsonaro para a economia”, comparou.

“Por que ele não? Porque ele quer acabar com o 13º e aumentar os impostos para os pobres. ‘Ele não’ porque ele desrespeita mulheres, os negros e os gays”, discursou o candidato do PT.

Haddad disse ainda que tiraram a Dilma, prenderam o Lula, mas esqueceram de prender o povo.

“Censuraram a Folha que queria entrevistar a Lula. Eles nos acusam de querer montar uma Venezuela aqui, mas são eles que criam uma Venezuela aqui. Eles deram o golpe, não tem compromisso com a democracia nem com a liberdade de imprensa”, criticou.

Haddad relatou que está em 1º lugar no Nordeste, mas que quer vencer no Sul e no Sudoeste também. “Por isso, o Paraná dirá “Ele Não” na eleição de domingo”, exortou.

Assista ao vídeo: