PT vai radicalizar a campanha sem perder da ternura, diz jornal argentina

O jornal argentino Página 12 anota que o ex-presidente Lula, preso político há 150 dias, enviou mensagem ao PT pedindo para que o partido radicalize a campanha eleitoral sem perder a ternura.

“Vamos a radicalizar sem perder a ternura”, recomendou Lula parafraseando o médico argentino Che Guevara — um dos líderes da revolução socialista em Cuba.

O Página 12 registra que o vice Fernando Haddad estará hoje com Lula, na PF de Curitiba, discutindo os rumos da campanha após a decisão do TSE que decidiu cassar a candidatura do ex-presidente na madrugada de sábado (1º).

O jornal argentino ainda repercute a declaração da presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, sobre a manutenção da estratégia de manter Lula candidato à Presidência da República.

“O PT jamais abandonará a Lula! Defendemos seu direito de ser candidato até as últimas consequências”, disse a dirigente petista, anunciando que o partido apresentará recursos às instâncias superiores.

Comentários encerrados.