Por Redacao

Força Sindical: “Pedro Parente dava clara demonstração de se curvar aos especuladores”

Publicado em 01/06/2018


“Pedro Parente vinha desenvolvendo uma política na empresa que era prejudicava a classe trabalhadora. O ministro do “apagão”, como ficou conhecido no governo de FHC, dava clara demonstração de se curvar aos especuladores”, afirma nota distribuída pela Força Sindical nesta sexta-feira (1). Confira íntegra da nota

A saída do presidente da Petrobras, Pedro Parente, só trará benefícios para a sociedade brasileira.Pedro Parente vinha desenvolvendo uma política na empresa que prejudicava a classe trabalhadora. O ministro do “apagã ”, como ficou conhecido no governo de FHC, dava clara demonstração de se curvar aos especuladores.
Esperamos que a nova direção da Petrobras promova uma política voltada aos interesses dos país, visto que a empresa é um importante polo de desenvolvimento do Brasil.
Paulo Pereira da Silva (Paulinho da Força)
Presidente da Força SindicalJoão Carlos Gonçalves (Juruna)
Secretário geral da Força Sindical