MDB e PT tricotam as eleições sem Meirelles e Temer

Sem Michel Temer e Henrique Meirelles, fulminados pela greve dos caminhoneiros, MDB e PT já tricotam acordo sobre as eleições presidenciais de outubro.

Some-se à paralisação, e o consequente desabastecimento no país, a impopularidade de Temer (considerado o mais impopular do mundo) e o pífio desempenho do ex-ministro dos bancos privados nas pesquisas de intenção de voto (menos de 1%).

Por outro lado, o instinto de sobrevivência dos caciques regionais do MDB fala mais alto. Os emedebistas guardam “doce memória” das eleições de 2010 e 2014 quando eles foram aliados nacionais dos petistas.

O Blog do Esmael soube que MDB tricotam saída eleitoral sem a dupla que colapsou o Brasil, qual seja, Meirelles/Temer, responsáveis diretos pelos aumentos abusivos nos combustíveis e sacrifício dos trabalhadores brasileiros.