Luana Piovani aparece em Curitiba depois de intensivo de português em Portugal

Depois de fazer um curso intensivo de português em Portugal, onde vive atualmente, a atriz Luana Piovani apareceu nesta sexta (4) em frente à PF de Curitiba. Ela foi levar uma maça para o ex-presidente Lula.

“Jurei que quando o Lula fosse preso eu ia vir até a delegacia que ele estava e ia dar uma maçã pra ele. Pode parecer besteira, mas eu tô envolvida com isso há três anos, e só eu sei quantos posts eu fiz, quantos jornais eu li, quanto eu estudei, e quantas noites mal dormidas eu tive por conta de tudo que tá acontecendo com o nosso País. Mas eu tenho esperança, porque eu tô vendo um trabalho bonito ser feito. Então tá aqui sua maçã”, disse a atriz num vídeo publicado no Instagram.

Em tom provocativo, a alguns metros onde Lula está preso, Luana Pivoni, com o português tinindo, deixou uma maça num meio fio. “Estou aqui em Curitiba, queria pagar minha promessa e deixar uma maçã que eu jurei que ia deixar na porta da delegacia do Lula quando ele fosse preso. Mas tá tendo uma operação aqui e só pode chegar perto quem é morador ou funcionário. Então não vou poder subir”, explicou, sobre o motivo de não ter ido diretamente à porta do local.

Piovani aproveitou o vídeo na rede social para desejar a prisão de outros políticos brasileiros. “Agora que venha Aécio [Neves], [Michel] Temer, Renan [Calheiros], [Zezé] Perrella e outros tantos”, escreveu.

Lula, não coma a maçã. Ali tem…