Fracassa tentativa do governador Márcio França de intermediar acordo com caminhoneiros

O governador de São Paulo, Márcio França, tentou na tarde deste domingo (27), em São Paulo, intermediar um acordo com os caminhoneiros e representantes patronais.  A tentativa fracassou mais uma vez. Em entrevista coletiva no início da noite de hoje, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, o governador disse que “estão bem próximos de um acordo com boa parte da categoria”, mas que isso ainda não ocorreu. “Faltou muito pouco”, destacou o governador, que tem intermediado as negociações entre o governo federal e os caminhoneiros.

“No entanto, ressaltou França, não foi possível equacionar o problema referente ao pedido de que o congelamento vigore por 60 dias. “Como essa era uma das reivindicações dos caminhoneiros, os 60 dias, eles então preferiram também não desmobilizar a categoria. Eles vão manter esses 10% ou 12% que tem hoje nas ruas, estacionados no acostamento ou nos canteiros, sem obstruir a pista. E vão aguardar”, disse.
A expectativa do governador é que o Congresso Federal também contribua com a negociação, resolvendo nos próximos dias duas pendências: a votação do Projeto de Lei 121/2017 (que se refere ao preço mínimo do frete), no Senado, e da Lei Geral do Transporte, na Câmara.
*Foto – Ciete Sivério – Gov. SP

Comentários encerrados.