“O golpe foi aplicado por ladrões para nos roubar direitos”, diz Dr. Rosinha em mensagem de 2018

O presidente estadual do PT do Paraná, Dr. Rosinha, em mensagem especial de 2018, afirma que “o golpe foi aplicado por ladrões para nos roubar direitos, alegria e felicidade” e deseja um Ano Novo sem as manipulações e prepotências de procuradores tipo Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos Lima e juízes como Sérgio Moro e Marcelo Bretas.

Bom 2018

Dr. Rosinha*

Nas vésperas do Natal enviei a todos e a todas os meus desejos de “Bom Natal”. Hoje envio meus desejos de “Bom 2018”.

Sei que 2017 começou em 2016, ano em que os golpistas atuaram com afinco contra o Brasil, os brasileiros e a democracia, e terminará em 2018. Não sei em que dia de 2018 terminará 2017 e em que dia iniciara o ano novo.

O que posso te desejar em 2018?

Pouca coisa?

Muita coisa?

Tanto uma como outra depende da luta: ou lutamos ou nada teremos.

O golpe foi contra o Brasil, a democracia e o povo brasileiro. O golpe foi aplicado por ladrões para nos roubar direitos, alegria e felicidade, assim desejo:

Luta, muita luta para conquistar a democracia.
Luta para por fim a ditadura das instituições Policia Federal, Ministério Publico e principalmente do Poder Judiciário.
Luta por justiça, pelo fim das manipulações e prepotências de procuradores tipo Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos Lima e juízes como Sérgio Moro e Marcelo Bretas.
Luta, muita luta para que a justiça se faça justa.
Lutar para que o STF seja uma suprema corte e não uma instituição a serviço de alguns partidos (PSDB) e alguns políticos (José Serra, Aécio Neves, Zezé Perrella, só para ficar em alguns).
Luta, muita luta para acabar com o oligopólio da mídia.
Luta, muita luta contra o fascismo com todos os seus ingredientes de preconceito e violência, como o machismo, a misoginia, o racismo, a homofobia e a intolerância com os que pensam diferentes.
Luta, muita luta para que tenhamos eleições livres e democráticas e com a participação de Lula.
Eleição sem Lula é fraude.

Sem o direito coletivo, não há direito individual. Sem a igualdade de gênero, não há felicidade. Sem a liberdade de expressão, não há liberdade. Sem a liberdade sexual, não há alegria. Sem o amor não há vida.

Te desejo um 2018 com direitos, felicidade, liberdade, alegria e a mais plena vida.

*Dr. Rosinha é médico e presidente estadual do PT do Paraná.

Comentários encerrados.