Pesquisa mostra o incrível encolhimento dos adversários de Lula nas eleições de 2018

O que chamou a atenção na pesquisa da IPSOS, divulgada nesta quarta-feira (20), não foi a melhora de imagem do ex-presidente Lula. Pelo contrário. Foi o incrível encolhimento dos adversários do petista.

De acordo com o IPSOS, 45% dos entrevistados aprovam o nome do petista registrando o ápice de aprovação na série histórica do instituto de pesquisa.

Em julho deste ano, a aprovação do ex-presidente era de 28%. Portanto, Lula disparou 17% em apenas seis meses — mesmo sob intenso bombardeio da mídia e do judiciário.

No período, a desaprovação de Lula registrou queda de 14%.

Em direção oposta, os adversários de Lula mostram incrível encolhimento nas pesquisas de aprovação. A desaprovação deles explodiu no levantamento da IPSOS.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC) seguem em queda, por exemplo.

O tucano caiu de 24% para 19% e tem reprovação de 72%.

Já o parlamentar do PSC é reprovado por 62%. Marina Silva (REDE) também despencou oito pontos. Ela é desaprovada por 62% (mesmo percentual de Bolsonaro).

Há 20 dias, o Blog do Esmael havia registrado que já era ‘melhor’ Bolsonaro ‘JAIR se acostumando’ com o segundo lugar. Pelo jeito, logo logo, ele terá de ‘JAIR se acostumando’ com o terceiro lugar.

Comentários encerrados.