Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

Temer perde votos, mas é salvo na CCJ da Câmara

Por 39 votos contra 26, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), recomendando que a Câmara não autorize o Supremo Tribunal Federal a processar Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), com base na denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República.

A denúncia ainda deve ser votada em Plenário, o que deve ser feito na próxima quarta-feira (25). Para autorizar o STF a processar o presidente da República, são necessários os votos de 342 deputados.

Na primeira denúncia, o placar na CCJ foi de 41 votos contra a abertura da ação penal e 24 favoráveis.

Portanto, mesmo com a farra das emendas parlamentares e o afrouxamento da fiscalização do trabalho escravo, para atender a bancada ruralista, Temer perdeu dois votos e a oposição ganhou dois.

Em viés de baixa, o resultado da CCJ será ainda submetido ao plenário da Câmara na semana que vem.

Com informações da Agência Câmara

Comentários desativados.